111.jpg
2122.jpg
1205905_47454040.jpg
5.jpg
4.jpg
120.jpg
3.jpg
gestao-no-meio-da-lavoura.jpg
2.jpg

PROGRAMA DE FINANCIAMENTO DE MÁQUINAS E IMPLEMENTOS RECEBE REFORÇO DE R$ 300 MILHÕES

Com isso, orçamento do Moderfrota passa para R$ 4,04 bilhões

 

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ampliou em 300 milhões de reais os recursos de financiamento do Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras (Moderfrota). Com isso, o valor total destinado ao programa,  para o Plano Safra 2015/2016, passou para R$ 4,04 bilhões.

Segundo o secretário interino de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Marcelo Cabral, o incremento segue uma tendência de ampliação no ritmo de aquisição de máquinas e implementos. no país. Este mêsl, por exemplo, é esperada uma grande procura durante a Agrishow – uma das maiores feiras de tecnologia agrícola do mundo. O evento será realizado de 25 a 29 de abril, em Ribeirão Preto (SP). O secretário diz que o Mapa autorizou os R$ 300 milhões foram remanejados de outras de linhas de crédito do Plano Safra.

Do novo orçamento do Moderfrota, R$ 3,4 bilhões são destinados a micro, pequenos e médios produtores rurais, com receita operacional bruta (ROB) de até R$ 90 milhões por ano, com taxa de juros de 7,5% ao ano. Os R$ 640 milhões restantes foram destinados ao Moderfrota, , a produtores rurais ou cooperativas agropecuárias com renda bruta anual acima de R$ 90 milhões. A taxa de juros é de 9% ao ano.

O programa tem por objetivo financiar a aquisição, isolada ou associada a investimento, de tratores, colheitadeiras, plataformas de corte, pulverizadores, plantadeiras, semeadoras e equipamentos para preparo, secagem e beneficiamento de grãos. (com informações do BNDES)